domingo, 1 de junho de 2014

Fotografia

“Uma fotografia, para mim, é, numa fração de segundo, o reconhecimento simultâneo do significado de um fato, por um lado, e de uma rigorosa organização das formas visualmente percebidas que expressam, por outro.
É vivendo que descobrimos a nós mesmos e , ao mesmo tempo,
o mundo exterior. Ele nos molda, mas também podemos agir sobre ele.
Deve se estabelecer um equilíbrio entre esses dois mundos, o interior e o exterior, que, em diálogo constante, formam um só, e é esse mundo que devemos comunicar.

Mas isso diz respeito apenas ao conteúdo da imagem, e, para mim, o conteúdo não pode ser separado da forma; por forma entendo uma organização plástica rigorosa, pela qual nossas concepções e emoções se tornam concretas e transmissíveis. Em fotografia, essa organização visual só pode ser um sentimento espontâneo dos ritmos plásticos.
                                                                                                                   Cartier-Bresson

Nenhum comentário:

Postar um comentário